7 meses depois…

“Texto iniciado em 13/03 (quarta-feira).

Hoje, agora.. as 11:34 eu percebo o quanto a vida é algo sem volta, hoje você está aqui, amanhã pode muito bem não estar. A vida tem seus altos e baixos, nela consiste, alegrias, tristezas, ansiedades, medos, vidas e m-o-r-t-e-s. A vida não VOLTA e é algo muito triste o que a maioria das pessoas estão passando. Algumas vezes é chuva em excesso que causa enchentes, alagamentos e diversas destruições. Outras, são seres humanos que passam por problemas e querem se matar, porém precisam matar alguém para depois se matar ou, então mesmo matar por diversão, alguém já pensou nisso?
Certas coisas causam medo, outras, pavor.

Eu olho pela porta e só vejo o tempo passar, as árvores balançando pra lá e pra cá, o tempo passa mas o tempo que eu quero não vem, ele não chega, é como se fosse uma pequena eternidade.

O medo e a ansiedade acabam acabando comigo, nunca achei que fosse ansiosa até passar por certas situações, mesmo que não tenha sido comigo, entende? Uma situação triste não precisa acontecer com você pra você poder se importar e ficar mal. O meu tempo está chegando, as árvores já pararam de balançar, o sol surgiu e só me resta 18min.

Hoje eu já sei de tudo o que aconteceu e hoje foi um dia para “pensar”, não que eu não tenha ficado pensando nesses dias, mas hoje pensei mais, e me lembrei que antes do Carnaval eu li um post, que dizia que os “espíritas” estavam prevendo que no Carnaval teria muito sangue, muita tragédia. Logo me assustei quando li e mesmo que eu iria ficar em casa no Carnaval, fiquei com bastante medo. Mas o que eu não sabia e o que ninguém sabia é que essas tragédias não seriam no Carnaval realmente, foi só um aviso de “esta próximo”, e eu não me toquei nesse aviso. De quarta pra cá teve vários atentados, ataques, assaltos e mortes. Como: Raul Brasil, ônibus que foi queimado com mais de 40 crianças, escola desaba, Brás pegando fogo, Paraná, Nova Zelândia, pode ter mais, mas esses são o que eu soube nesta semana.
E eu fico me perguntando como eu não me lembrei disso antes, avisei minha irmã e minha mãe sobre, mas não achei que seria tão sério e que haveria tantas mortes. Hoje eu só peço que Deus proteja e guarde a vida de todos, antes eu tinha duvida sobre quaisquer pensamentos meu, hoje eu tenho certeza, eu sou boa e mesmo não falando e não sendo amiga de todos, ninguém merece morrer assim, ninguém merece passar por nada parecido, portanto, tomem cuidado o máximo, hoje você está aqui, amanhã pode muito bem não estar.

Texto terminado em 18/03 (segunda-feira), inspirado no ataque de Suzano e nos demais acontecimentos.”

Meu Conto de Falhas – Vitória Pontes.

“Eu sei que essa época do ano é a mais clichê possível: galera que reclamou horrores que agosto não acabava é a mesma que tá postando que o ano voou; gente que foi babaca o ano inteiro tá aproveitando a melancolia das festas de fim de ano pra tentar fazer as pazes com o mundo; o pessoal “good vibes” tá postando tanta “gratidão” que daqui a pouco as frôzinhas vão começar a subir de novo; ozamigos já tão comprando as bebidas pro réveillon; e eu ainda tô aqui decidindo se fico aliviada pelo ano que passou ou ansiosa pelo ano que já tá batendo na porta.

É lógico que eu queria estar escrevendo esse texto em New York, passando frio depois de andar o dia inteiro pelas ruas enfeitadas vendo a neve cair e falando “merry christmas” pras pessoas como no ano passado (ano passado eu também queria), mas como não rolou, vamos ao que interessa:

Esse ano foi difícil pra todo mundo (menos pra Anira, porque né… Inclusive, alguém sabe a cor da calcinha que ela usou no réveillon passado??) E parece que 2018 também não vai ser nada fácil… Como nessa época do ano a gente costuma colocar na balança as coisas boas e ruins que aconteceram ao longo dessas 53 semanas concluídas, eu queria deixar registrado aqui (pra vocês e pra mim) alguns conselhos sobre o que eu aprendi com a vida e com os memes. Atenção:

🌼 Rupturas são necessárias. Nada do que acontece em nossas vidas poderia ter sido de outra maneira, até mesmo os menores detalhes… Não adianta ficar se martirizando tanto com o terrível “e se eu tivesse…”. Aconteceu o que deveria ter acontecido e o que nos resta é aprender a lição e seguir em frente.

🌼 Finais são, normalmente, uma porta para a liberdade. Vamos PARAR de achar que finais são ruins! Se alguma coisa acabou em nossas vidas é porque precisamos disso para nossa evolução… É inútil depositar energia em algo que já morreu! É melhor sair, seguir em frente e se enriquecer com a experiência. Com o tempo uma coisa que é “MEU DEUSSS” ao deixar de ser alimentada, se torna “ATA”.

🌼 Se permita morrer algumas vezes. Nós não temos que ser fortes o tempo todo, NINGUÉM consegue ser forte o tempo todo. Um exemplo ótimo é quando um casal termina o relacionamento e os dois sofrem se stalkeando, mas não se excluem das redes sociais porque consideram “infantilidade”. Bloqueia SIM, exclui o número, muda de caminho, não frequenta mais aquele bar e nem relê mais aquelas conversas. NADA DISSO é infantilidade, da nossa dor é só a gente que sabe, se permita senti-la… Minha avó já dizia que o que arde costuma curar.

🌼 Se concentre em fechar seus ciclos sem tentar adivinhar o que vem depois… Os novos caminhos se traçam naturalmente. Tudo começa e termina na hora certa, nem antes, nem depois, apenas quando estamos prontos para iniciar um novo ciclo em nossas vidas é que as coisas acontecem.

🌼 Aprenda a se amar. Se alguém perguntasse o que cê mais ama no mundo, quanto tempo você demoraria para citar a si mesmo??? Todo mundo tem defeitos e qualidades, nós somos humanos e não robôs… Quem gosta de ti, vai gostar das suas virtudes e entender as suas fraquezas. Amor próprio é o mais importante dos amores porque quando você tá sozinha às 3 da manhã chorando e querendo que tudo acabe, a única pessoa que vai estar lá pra você é você. VOCÊ tem que se levantar e encontrar forças pra continuar porque no fim das contas, você é tudo o que você tem!

🌼 Ouça os seus desejos. Daqui a 30 anos você vai estar muito mais decepcionado pelas coisas que não fez do que pelas que você fez.

🌼 Pare de procurar sinal em tudo, se a pessoa demonstra não se importar é porque ela simplesmente não se importa. Não adianta você conhecer o amor da sua vida se ele já tem o amor da vida dele! O mundo tem 7 bilhões de pessoas, você vai encontrar alguém legal.

🌼 Entenda que a pessoa que vem é a pessoa certa. Absolutamente ninguém entra em nossas vidas por acaso, todos que interagem conosco tem algo para nos ensinar e aprender. As pessoas chegam no momento em que nós precisamos que elas estejam lá, mas depois que cumprem seu papel, algo pode acontecer para levar essa relação ao fim. Às vezes elas morrem, às vezes apenas se vão, às vezes elas agem e nos forçam a tomar uma decisão. O que devemos entender é que o que tinha para ser ensinado/aprendido já foi e agora é hora de ir! Tem gente que chega pra ficar e tem gente que vem só de passagem.

🌼 Nós não somos máquina de resiliência. A gente cresce ouvindo que perdão é bonito, altruísta e de fato é, mas não precisa perdoar se você não consegue. Não tem problema nenhum em ficar longe de alguém que te feriu, te humilhou e/ou te infernizou. A gente precisa de saúde emocional, não de um Nobel da Paz!

Por fim, eu desejo a vocês fé. Acho que a vida fica mais leve quando acreditamos em alguma coisa que tire a responsabilidade das nossas mãos e nos conforte de alguma forma, tem gente que chama de destino, Deus, lei da atração, forças do universo e etc. Apenas tenham fé! Que nós nunca nos esqueçamos que não vamos agradar todo mundo. Nunca. E essa é uma conclusão libertadora! Se você está agradando todo mundo, provavelmente o único insatisfeito é você, aproveita que o ano é novo e vamos rever isso aí…”

Vitória Pontes

Feliz 2019!

Eu sempre soube que estava crescendo e que um dia eu iria lembrar da minha infância como se fosse ontem, como se fosse hoje cedo… Mas só hoje eu parei pra perceber que o tempo voa, que as coisas mudam e que ninguém esta preparado para “envelhecer”, mas também que ninguém liga para o que achamos, né?

Imprimindo divisórias p/ meu fichário, peguei imagens de personagens, Marie, Tico e Teco, Cinderella (meu preferido), Stitch, entre outros, e percebi que eu cresci, entre tantos outros motivos que não nos cabe dizer agora, eu cresci, comecei esse blog com 13 anos, esse ano irei completar 18, por um lado penso “jaaaaa?”, é, já kkk, talvez eu não tenha aproveitado certos momentos ou aproveitei até demais e não percebi o tempo passar, mas esse ano eu encerro mais uma etapa da minha vida chamada: escola.

Escola é onde fazemos “amigos” e amigos, se é que me entendem, mas também é onde aprendemos a escrever, ler e se preparar pra ser alguém na vida.

Esse ano eu encerro essa etapa, fico feliz por estar terminando, pois sempre reclamei, mas por outro lado irá fazer falta, porque por muitos anos foi apenas isso e do nada uma mudança dessas, sabem?

Agora vem mais preparações para ser alguém na vida, vem meu querido livro, curso de make, continuação das joias e dos posts aqui, mas fugindo um pouco do assunto, eu sumi por um tempo daqui, queria saber realmente se eu iria continuar com o blog, e a resposta é SIM, escrever sempre foi algo tão mágico pra mim, não iria fazer sentido parar agora, é como se algo faltasse, é como se alguém estivesse indo embora.

Portanto, fico com vocês mais um ano.

Mas o que eu quero dizer mesmo é que devemos fazer o que a gente quer, no momento que a gente quiser, a vida é só UMA, temos que aproveitar o máxxximo, sem perguntar a opinião de ninguém.

A vida é só uma e a vida passa muito depressa, 4 anos se passaram e eu mudei muito, cabelo, roupa, jeitos de pensar, etc., mas creio que vocês também mudaram, mudança nem sempre é algo da noite para o dia, mudança vem o com tempo, as mágoas se vão e cicatrizam com o tempo, as reconciliações também vem com o tempo OU NÃO, não adianta forçar algo que não é de livre espontânea vontade, e eu queria muito escrever uma parte de um texto pra vocês, mas sabe? Por mais que eu ame muito minha escrita, eu não aguento o “copiar, colar” de um texto muito bom…

Aqui está:

“Nós não somos máquina de resiliência. A gente cresce ouvindo que perdão é bonito, altruísta e de fato é, mas não precisa perdoar se você não consegue. Não tem problema nenhum em ficar longe de alguém que te feriu, te humilhou e/ou te infernizou. A gente precisa de saúde emocional, não de um Nobel da Paz!”

Prometo procurar esse texto completo e venho com ele no próximo post, beleza?

E as coisas da vida são assim, a vida é só uma, mas você não precisa perdoar se não quiser, perdoe quando sentir que é o momento, quando Deus tocar em seu coração, pois como está ali, precisamos de saúde emocional, não precisamos perdoar para agradar NINGUÉM, eu sempre utilizei essa frase em minha vida e hoje eu digo ela com toda certeza NINGUÉM É OBRIGADO A NADA, eu mesma vivo dizendo “não quero, não vou, não sou obrigadaaaaa”. Portanto, faça de 2019 um ano-novo, não por ser “novo” (estar no começo), mas por mudança, não largue os seus sonhos, se for preciso, troque de emprego, largue seu companheiro que não aprova suas escolhas, troque de negócio, mas em hipótese alguma, deixe o seu sonho de lado.

Eu já disse milhões de vezes aqui que eu sempre penso em desistir e abandonar o blog, não sei mesmo se o comentário foi em um post do tipo, mas o Gustavo Roubert comentou “Seja qual for a opinião alheia, faça do seu talento a expressão da sua liberdade.” Quando eu li logo pensei “oi?”, li e reli muitas vezes, até entender que eu tinha um talento e até entender a frase mesmo, vou confessar kk teve uma outra moça em que me ajudou muito e sou muuuito grata a ela, de verdade!

Portanto, eu cresci perdendo “amigos”, me afastei de pessoas que não me imaginava sem, pessoas que eu pensei que eram boas, boas pra mim, se é que me entendem, muita coisa mudou, precisei perder tanta coisa pra estar aqui hoje e o pensamento vai a mil cheio de coisas pra escrever aqui também.

Por isso, não esquecendo nada do que eu disse acima, quero que leiam isso com atenção, por favor.

“Você ora pra Deus tirar da sua vida tudo aquilo que te faz mal. Então, Deus ouve sua oração e começa a agir. Você vai perdendo grandes “amigos” e grandes “amores”. Vai se afastando de alguns familiares, vai deixando algumas coisas para trás, pessoas começam a ir embora da sua vida. E você, fica sem entender nada. Pergunta até pra Deus o porque disso tudo está acontecendo. Mas a resposta está na sua oração de antes. Deus agiu e tirou tudo aquilo que não te acrescentava, não te fazia bem e não te dava futuro. As vezes, é a pessoa que você mais ama, que quer te ver no chão. Então, não se desespere, quando algumas pessoas começarem a sair da sua vida e outras novas chegarem. Isso é Deus agindo, é Deus te protegendo, é Deus te cuidando. Não questione as vontades de Deus, apenas o agradeça. Respondeu Jesus: ” Você não me compreende agora o que estou fazendo; mais tarde, porém, entenderá.” João 13:7″

Hoje eu entendo o porque de tudo isso, eu sempre rezo e peço o melhor a Deus, agradeço pelo o meu dia e peço por mudanças, mas se não forem pra elas acontecerem, eu também vou entender. E desde então muita coisa na minha vida mudou, de 4 anos pra cá minha vida foi de branco e preto pra colorido, porque o que não me acrescentava, o que não me fazia bem, Deus tirou da minha vida e graças a ele, eu não preciso, nem reclamo de nada, porque só ele sabe de tudo, quebrei a cara com pessoas tão sem caráter por esses tempos, sabe? E é como eu digo, antes eu desejava o mal, mas hoje eu só desejo o que eles desejam a mim, que talvez seja o mal mesmo, ou então vai o bem, o amor, a alegriaaa, porque é como dizem: gente feliz não enche o saco, e é a mais pura verdade kkk e pra completar aqui, que vocês tenham um ótimo 2019, vamos virar amigos esse ano, antes eu gostava de chamar de leitor, mas depois de tanto tempo vocês viraram amigos e, meu pensamento mudou sobre o “leitor” também né kkk.

Um beijo e feliz 2019 meus queridos.

Caia fora, por favor.

Em quase todos casos, o amor sempre sobra e vai tendo meio que um “estoque” para o dia seguinte. Mas aqui não tinha amor nem pra um dia e sabe por que? Porque só existia amor em mim e ainda existe, mas só em mim. Mas de tanto me descabelar, ficar triste, confusa e ficar cheia de pensamentos sem verdades, h o j e eu decidi seguir em frente, mas seguir em frente mesmo, seguindo sem você, seguindo sem ninguém, sigo sozinha, ou melhor, sigo com Deus, afinal, foi ele que sempre esteve comigo quando eu mais precisei de ti, foi ele que me fez dormir enquanto eu queria chorar, foi ele que me fez parar de chorar e acabar pegando no sono e também foi ele que me disse que chorar ajuda, mas que não alivia muita coisa, que eu precisava ser forte, largar essa postura de quem não tem amor próprio, de quem nunca “sofreu” por amor antes. E foi exatamente isso o que eu vou começar a fazer hoje, 12/06/2018, talvez seja um dia triste para se fazer isso, né? Pois aqui no Brasil comemoramos o Dia dos Namorados, mas não importa muito pra mim, afinal, estou assim já vai fazer um ano. E sabe? Eu finalmente aprendi que não preciso perdoar se eu não quiser, não preciso manter na minha vida alguém que já me fez bem, porém que está me fazendo mal já tem um bocado, não preciso continuar amando e pensando “estou fazendo a coisa certa”. Eu estaria, se isso fosse há 10 meses atrás, pois estaríamos nos conhecemos e seria uma desculpa, mas vai fazer um ano, 12 meses e 365 dias, e ai são dias que da e sobra de se abandonar alguém e seguir em frente. Mas sabe o que aconteceu? Eu acabei ouvindo muito as pessoas, ouvindo conselhos e coisas que eles faziam, coisas que não c-o-m-b-i-n-a-v-a-m com o meu jeito, e eu acaba fazendo pra agradar, pra não ser chamada de trouxa. Acabei fazendo coisas erradas e perdi o tal verdadeiro amor, que talvez não seja verdadeiro, mas eu o considero como o meu amor verdadeiro do momento. E há tantas outras coisas que eu penso, por exemplo: que a gente não deu certo, mas tudo isso é mentira, afinal, eu e você já existiu, mesmo por pouco tempo, mesmo por internet, existiu e não cabe ninguém dizer que não aconteceu, pois aconteceu, e se aconteceu, meu, já deu certo, porque para dizermos “deu certo” o relacionamento não precisa durar a vida toda ou um tempo que precise durar mesmo, entende? Nesses 12 meses eu aprendi muita coisa, e é muita coisa mesmo, uma delas é aquela frase “quem sente falta, te procura, manda mensagem, etc” e se eu visse essa frase no passado, óbvio que eu iria dizer que está certa, mas sabe? Quem sente falta pode não procurar alguém, quando se tem um baita orgulho, principalmente você que está lendo isso e pensando se é pra si esse texto, sabe, quando o amor da pessoa é maior que o orgulho, a pessoa procura, manda mensagem, liga, diz que está com saudade, marca um encontro, se declara. A pessoa joga flores de um avião, se declara pra você em uma estação de trem, te busca na escola, no trabalho, decora o seu quarto com bexiga, corações e buquê de flores, faz essas maluquices entre mil outras, porque quando se existe amor, não existe orgulho. Porque a pessoa pode ter o orgulho que for, se nela existir amor, meu, nela existe tudo, vai existir sempre um “vou correr atrás, pois eu o/a amo”. Mas se nela não existir amor, e sim só a paixão de momento, cá entre nós, porque preciso ser sincera, essa pessoa vai “cagar” pra vocês, você pensa que ela vai vim atrás, mas ela não vem, pensa que ela vai mandar mensagem, mas não manda, pensa que vai deixar o orgulho de lado e demonstrar esse amor todo, mas não demonstra, nem larga o orgulho, porque ali nunca teve amor, apenas o tal orgulho. Mas por um lado, eu estava doida de ignorar tudo o que eu falei acima e dizer que existe amor, mas como existe amor se uma pessoa não corre atrás? Não larga essa armadura pra demonstrar o que sente? Sabe, muitas vezes eu prefiro acreditar que tu gostou de mim sim, mas se gostou mesmo, o sentimento iria prevalecer, coisa que não aconteceu. Porém eu também prefiro acreditar que nunca gostou, que tudo o que seus amigos me falaram foi uma grande mentira, é isso, eu finjo demência mesmo, creio que fazendo assim, algum dia eu acredite mesmo se gostou ou não de mim, alias, eu posso fingir demência, mas nunca me sabotar, entende? Preciso entender que as coisas entre nós não deram certo porque você não tentou, porque você não veio atrás. As coisas entre nós não deram certo porque eu corri atrás, porque eu tentei mais do que deveria.

*vocês estão entendendo o rumo de tudo isso?*

Algumas coisas acabam sim, só por uma pessoa tentar sozinha. Afinal, ninguém é de ferro pra ficar persistindo em algo sem cabimento, que não trás futuro algum. Mas é isso, eu vou seguindo assim, porque cada dia será uma luta diferente, cada dia uma lembrança, mensagem ou briga será esquecida, até chegar o dia em que só vai sobrar você, o alvo mais difícil, porém mais fácil, pois se já consegui “esquecer” o resto, como não te esquecer em tão pouco tempo? Mas quer saber? Eu vou conseguir sim, essa não é a primeira e não será a última vez em que irei sofrer por alguém, mas lembrando, não lhe culpo por tudo, ambas partes fizeram tudo errado. Enquanto eu corria atrás, você corria também, mas para bem distante de mim, então enquanto eu fiz muito, você não fez nada, ou quase nada. Mas não importa também, esses dias eu comecei silenciando o teu status para não dar aquela verificada e depois apaguei seu contato, mas mesmo assim os status permaneceram lá com seu nome, mesmo eu atualizando o meu whatsapp, então eu fui obrigada a visualizar todos né? *hahaha*, até porque é um saco ver os status lá, mas bom, eu os visualizei e ignorei, era apenas para não dizer que eu não tinha visto e depois disso, n a d a mudou, mas foi um começo né? Um começo para o nosso grande fim, pois sei que ele vai causar um impacto imenso, tanto em mim, como em você. E é assim que a gente fica, eu aqui, você ai, tão perto, mas tão longe ao mesmo tempo. Até o momento, esse será o último texto sobre você, caso tenha mais algum, finja que não viu, ta? Eu vou indo de vez, se cuida e quando pensar em me mandar algo, pare e pense no mal que você já me fez e caia fora, por favor.

Aceitação…

Temos que tentar sempre nos animarmos e ter uma boa autoestima, independente da situação. A nossa aparência não é um obstáculo ou um problema. Por isso temos que nos amar e admirar os nossos defeitos.

A vida tem seus altos e baixos, e é nesses baixos em que a baixa autoestima aparece, porém não é algo que devia acontecer, se é que me entendem.

Devíamos fazer que nem aquela tal frase “cair sete vezes e se levantar oito”, afinal, a vida é assim. As revistas hoje em dia mostram um corpo em que elas querem ver, um corpo que a sociedade “aceita”. Mas o que poucos sabem é que existem mil tipos de corpos, tons de pele, alturas e pesos. E não podemos nos esquecer, temos que lembrar que esse é um padrão da revista, APENAS DELA.

Temos que nos lembrar de que a nossa aparência nunca foi e nunca será um problema, porque é como eu sempre digo “cada um tem sua beleza, por mais diferente que seja”. Ninguém é feio e ninguém é gordo. Cada um é CADA U-M. Com seus jeitos, “defeitos” e belezas diferentes.

Opiniões alheias e revistas com padrões sempre irá existir. Então apenas seja você, se ame, se cuide, admire os seus “defeitos”. Não mude por ninguém e se sinta único, pois VOCÊ É ÚNICO.

Infelizmente eu me cansei.

Sabe aquele texto escrito a lagrimas? Então, é esse.

Eu sempre quis aprender a acreditar no amor depois de uma dor, de uma briga, de um fim. Mas nunca é possível. Eu acabo me abalando mais do que o normal e digo que o amor não existe. Que NENHUM amor existe. Mas eu sei que amor existe sim e que amor não é só de mãe. Basta você escolher alguém decente e que queira realmente te amar.

Eu acredito muito nas voltas que o mundo da, sei que nada é por acaso e que muitas coisas precisam ou necessitam acontecer. Porque sem aquele acontecimento, não existirá outro acontecimento. Se é que me entende…

Eu acredito muito que quando existe amor, existe amor mesmo. Não tem essa de “não vou mandar mensagem porque quem mandou por último foi eu”, ou até mesmo “vou fazer que nem ele(a), demorar 5h para responder”. Porque isso acaba ficando chato e se tem amor, desgasta… Até que chega uma hora que o “amor” some.

Nesse exato momento estamos no mesmo ambiente, não cara a cara, mas estamos. E sabe o que eu acho? Que somos pior que criança. Porque criança briga, mas volta ao normal depois e esquece o que aconteceu.

A gente sempre brigou e SEMPRE jogou isso na cara um do outro. Apontava o erro do outro e esquecia do seu. Esquecendo que somos todos seres humanos, que não somos perfeitos e que todo mundo erra.

Mas voltando… Eu não sei se esse amor é pra acontecer, até porque hoje em dia só existe esse amor dentro de mim. Mas mesmo assim, eu ainda não sei. Que a gente não se da bem eu já sei, mas ninguém nunca tentou mudar isso, porque sempre falamos a tal frase “não mudo por ninguém” e infelizmente a gente segue assim.

Estamos se vendo pessoalmente pelas manhãs e as vezes pela noite, mas sempre se ignorando, fingindo que não conhece. Acho que a gente não se fala nem se colocarem a gente frente a frente, tenho certeza que assim seria pior ainda. Porque sabem quando duas crianças brigam e fazem elas ficarem frente a frente pra se resolver? Então, fizeram isso com a gente hoje e não nos resolvemos, só piorou a situação, como citei ali em cima.

E esse texto aqui é mais uma parte daquele “até o próximo texto sobre você”. Onde eu falei que estava desistindo e indo embora, lembra? Eu não fui embora, nem desisti. Continuo insistindo calada, totalmente calada. E pra mim já chegou o dia 1 de Abril, que muitos consideram o dia da mentira. Afinal, eu falei que ia desistir e não desisti. Mas sabe, é difícil esquecer algo quando você mal consegue parar de pensar e todos sabem do que eu estou falando.

Realmente não sei o rumo certo desse texto, mas sabe quando você não quer desabafar com ninguém e só pensa em escrever sobre o assunto? Então… Essa sou eu.

Mas sendo sincera, o problema nunca foi eu, e nunca foi ele. O problema foi a gente, fomos nós. Que ousamos dizer “eu te amo” sem apenas ter conhecido a verdadeira alma do outro.

Nos magoamos em tempos diferentes. Como também nos “amamos” em tempos diferentes. Não foi apenas eu que errei, mas hoje você só enxerga as minhas falhas. Diz que se algo mudou, é porque a tal culpa é minha.

E bom, a gente não esta nada bem. Mas sabe aqueles atores que fingem que NADA esta acontecendo? Somos nós. Mas meu sonho mesmo é ser essa atriz a tempo todo, digo.. na redes sociais. Preciso aprender a disfarçar o meu amor e o meu sofrimento na internet, afinal, ninguém sabe, nem precisa saber o que acontece comigo, nem saber o que sinto.

E você nunca vai saber se o que eu sinto é realmente verdadeiro, alias, eu nunca mais vou tentar deixar isso claro. Porque não adianta um sentimento tão belo ser descartado, que é demonstrado e humilhado assim.

Já tem mais de um mês que eu ouço uma música que diz que o nosso amor pode salvar tudo. Mas eu estou mal, porque não tem amor, apenas dói e é uma dor profunda, que parece não ter fim.

E como eu já falei mil vezes, não sei o rumo disso. Digo, rumo da minha vida. Porque da sua eu não me importo. Não mais. Talvez eu esteja mentindo e talvez não, mas você nunca vai saber a verdade.

É como eu sempre falo: cansa correr atrás. E cansa mais quando você larga de correr atrás e a pessoa vem até você, porque já é tarde demais. E infelizmente não tem o que fazer, por motivos de: NADA vai ser como antes. Nada vai voltar. As brigas vão continuar, porém com mais frequência e a cada vez.. é uma briga mais sem nexo que tudo, porém com mais intensidade.

Por isso eu estou indo embora hoje. Não da sua vida, nem do seu coração. Mas eu encerro isso por aqui, porque infelizmente eu me cansei, mas não digo ao ponto de desistir mesmo, cansei apenas disso aqui.